fbpx

ANÁLISE SWOT: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER

Você sabe a importância de aderir a análise SWOT em seu negócio?  Toda empresa precisa possuir uma gestão estratégica, sabemos também que isso pode ser uma missão complexa, na qual, o empresário terá que possuir boas ferramentas que o ajudará a identificar os pontos fracos (que precisará passar por uma reavaliação) e pontos fortes (mostrará o caminho a ser trabalho e aprimorado) dentro da empresa.

Então muita calma na hora de montar seu plano de negócio, pois qualquer “passo” em falso pode ocasionar desde um declínio parcial à uma falência total do seu negócio.

Segundo pesquisa feita pelo SEBRAE, 60% das companhias fecham por não possuírem um plano de negócio definido.

Isto não é nada satisfatório eu sei, por isso hoje ajudaremos a resolver o seu problema.

Existem várias ferramentas que analisam o mercado de uma forma mais detalhada que podem ser usadas para um gestor ter uma tomada de decisão precisa. Entre essas ferramentas, vale citar:

  • Missão;
  • Visão e Valores;
  • Análise 360° de oportunidades de negócio;
  • Análise SWOT;

Hoje falaremos mais sobre a ferramenta análise SWOT, o que é, para que serve, como fazer, quem fazer, como analisar e como construir.

Entenda como a análise SWOT pode ser uma grande aliada para o sucesso de seu negócio.

O QUE É UMA ANÁLISE SWOT DE UMA EMPRESA?

Análise SWOT é uma ferramenta utilizada para analisar o cenário de uma empresa, para que assim o gestor tenha com mais facilidade as estatísticas necessárias para tomar decisões com mais precisão. É uma técnica versátil que pode ser utilizada em qualquer tipo de negócio.

Essa técnica foi desenvolvida entre as décadas de 1960 e 1970 na Universidade de Stanford, por Albert Humphrey, que atuou como consultor e diretor em mais de 100 empresa em todo o mundo.

A análise SWOT é conhecida também no Brasil como análise F.O.F.A.

SWOT em inglês é a abreviação de Strengths, Weaknesses, Opportunities e Threats, que traduzidas ao português significa: Força, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças.

PARA QUE SERVE A ANÁLISE SWOT?

A análise SWOT é um dos mais usados planos estratégicos, que auxilia o gestor a traçar um objetivo a empresa, onde a mesma precisa melhorar, onde precisa investir mais, para se obter um aumento em seu desempenho, analisar a situação do mercado, concorrência, perdas de clientes para a concorrência e etc.

análise swot

Feito de forma correta pode-se sempre estar a um passo à frente e nunca ser pego de “surpresa” e também converter pontos negativos em força para a empresa.

Sabemos que vale muito a pena ter uma ferramenta com todo esse poder em mãos. Por esse motivo, a seguir mostraremos como fazemos a análise SWOT de uma empresa!

COMO FAZER A ANÁLISE SWOT DE UMA EMPRESA?

Como falamos anteriormente a análise SWOT é uma abreviação de palavras em inglês, mas você deve se perguntar, porque essas palavras? (Força, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças).

análise SWOT

Quando se é montada uma matriz SWOT, essas 4 “categorias” são de fundamental importância.

Strengths (forças)

Essa parte analisa os pontos fortes da empresa, comparando-a com a concorrência, a qualidade de um produto, como está sendo a prestação de serviços, a relação e satisfação de clientes e o tempo de atendimento, são pontos que podem ser avaliados para formar essa categoria.

Weaknesses (fraquezas)

Aqui devem ser analisadas as desvantagens que uma empresa leva diante a concorrência, exemplos disso é falta de capacitação de funcionários, perda de clientes para a concorrência, melhorias que não foram feitas ainda, uma reputação ruim, e insatisfação de clientes.

Com todos esses fatores em mãos, pode-se analisar e planejar estratégias para que esse cenário de fraqueza, seja transformado em força.

Opportunities (oportunidades)

As oportunidades são as forças internas, as vantagens que a empresa tem, porém não se tem controle sob elas. Exemplo: problemas econômicos, perdas e insatisfação de clientes da concorrência, facilidades de crédito entre outros.

Threats (ameaças)

São as forças externas, que por ela não poder controlar esse tipo de força, pode ficar ameaçada em seu desempenho, fatores que podem ser observados são, aumento da matéria-prima, desvalorização do real, perdas de funcionários experientes, novas empresas no mesmo ramo, entre outros. 

Exemplo: Loja de confecções Prime

Forças: Boa localização, vestuário diversos, fachada moderna, café da manhã todos os dias.

Fraqueza: Funcionários não capacitados, perda de clientes, demora no atendimento.

Oportunidade: Shows aos finais de semana, formaturas, festas.

Ameaças: Aumento dos preços da fábrica, aumentos de pessoas autônomas, crise financeira.

Para se resolver os problemas mostrados pela Matriz SWOT, o gestor tem que avaliar da seguinte forma.

  • Forças aumenta quais oportunidades.
  • Forças diminui quais ameaças.
  • Fraquezas prejudica quais oportunidades.
  • Fraquezas aumenta quais ameaças.

Demonstração de como ficaria baseado nos dados acima.

Força + Oportunidade: Estando localizado em uma cidade grande, onde sempre há shows e festas diversas, poderá investir mais em variedades de roupas, e atraindo assim com sua fachada moderna mais pessoas.

Força – Ameaça: Estar usando um sistema de gestão empresarial, para otimizar o processo da empresa para que assim haja corte de gastos desnecessários, vendendo as diversas peças em um preço justo ao consumidor final, atraindo pelas vantagens proporcionadas para que não deixem de ser cliente de sua empresa.

Fraqueza – Oportunidades: Proporcionar cursos profissionalizante para os vendedores, para que eles possam vender com qualidade e agilidade, vencendo a fraqueza da perda de clientes por demora no atendimento.

Fraqueza + Ameaça: Se não for resolvido o problema existente com a capacitação dos funcionários, ocasionará assim a perda dos clientes para a concorrência, e com o aumento dos produtos de fábrica, sobrecarregará o setor financeiro da empresa, acarretando a “quebra” de seu negócio.

Esse foi apenas um exemplo sobre a matriz SWOT, podendo ser adaptado de acordo com sua empresa, suas forças, fraquezas, oportunidades e ameaças.

QUEM DEVE FAZER A ANÁLISE SWOT?

Todos os empresários e seus funcionários de confiança podem fazer uso desta ferramenta, que além do mais, pode estar sendo usada com a mesma teoria para ser resolvido um problema em um setor ou em um serviço prestado.

Desde o empresário que está abrindo seu negócio agora, a o que já está algum tempo no mercado, “ir para a luta com boas armas é imprescindível”, por esse motivo você não pode partir para o mercado cada vez mais competitivo sem fazer uso da Matriz SWOT, para você que ainda não conhecia e não implantou esse sistema em sua empresa não perde mais tempo.

COMO ANALISAR OS FATORES INTERNOS?

Os fatores internos referem-se as forças e fraquezas de uma empresa.

Conhecer a “ti próprio”, é a alma do negócio, ao começo de todo o planejamento estratégico, você tem que listar os pontos fortes e fracos de sua própria empresa, saber de suas limitações e trabalhando dentro de sua realidade, traçar objetivos a serem alcançados, o tempo e como serão almejados.

A análise interna na matriz SWOT é voltada ao levantamento de pontos positivos e negativos, a fim de identificar a posição que está colocado no mercado.

Alguns fatores que podem ser analisados são: Localização, reputação, recursos, gestão, entre outros.

Como analisar os fatores externos?

Já as oportunidades e ameaças estão relacionadas ao ambiente de fora (externo).

Esses fatores não estão sob nosso controle, eles simplesmente estão lá, e cabe a nós identificar a relevância ou impacto que ele vai nos causar, seja ele no setor de política, da economia, da sociedade em geral, e estando por dentro desses acontecimentos estará sempre um passo à frente da concorrência.

Dentro deste contexto a Matriz SWOT deve analisar o microambiente e o macroambiente.

  • Microambiente: Refere-se ao mercado que você faz parte, pode-se ser analisado assim: Fornecedores, clientes, concorrência, entre outros.
  • Macroambiente: Refere-se ao mercado em geral, vale analisar o setor político, econômico, tecnológico, e saber como esses movimentos podem afetar o seu negócio.

COMO CONSTRUIR UMA MATRIZ SWOT?

Começaremos a construir uma matriz SWOT, primeiramente, listando todos os pontos de sua empresa, levando em consideração as informações anteriores (fatores internos e externos), após concluir, peça ajuda de funcionários de confiança, para que cite os mesmos pontos que você listou e compare, para confirmar se não faltaram nada.

Com essa lista em mãos, é hora de ordenar cada item em suas respectivas categorias, força, fraqueza, oportunidade e ameaça. Feito isto analisando fatores internos e externos, é a vez de fazer a relação entre eles e obter os seguintes resultados:

  • Forças podem ajudar quais oportunidades.
  • Forças podem acabar com quais ameaças.
  • Fraquezas podem afetar a quais oportunidades.
  • Fraquezas podem aumentar quais ameaças.

ANÁLISE SWOT

análise swot

Exemplo.

1. Aproveitar a oportunidade do curso gastronômico está mais em conta que outros períodos do ano, para engajar os funcionários desmotivados a fazer o curso, para que assim melhore também o atendimento.

2. Se beneficiar das forças da excelente comida, com diversidade gastronômica para atrair mais clientes de diferentes gostos, uma vez que o estado tem pessoas de diferentes regiões do pais.

3. Fazer uso de suas forças como, espaço kids, localidade, boa comida e diferentes pratos, para se obter um lucro significativo durante o período de exposição agropecuária, e também para que mais pessoas conheçam a qualidade de suas receitas e possam indicar para mais possíveis clientes.

Viu como é fácil trabalhar com a matriz SWOT? Basta apenas conhecer toda a sua empresa.

Com todos esses dados em mãos, fica mais fácil traças objetivos e metas a serem cumpridas, não é mesmo?

CONCLUSÃO

Como podemos ver anteriormente, a matriz SWOT, bem executada, pode levar a sua empresa de um ponto inicial ao auge do sucesso.

As empresas que já estão atuando ativamente no mercado a algum tempo e que ainda não aderiram a técnica SWOT, precisa obter o mais breve possível, pois como um bom empreendedor, já tem noção de como o mercado está expandindo rapidamente, abrindo assim espaço para novos concorrentes.

Não perca mais tempo, explore os pontos fortes de sua empresa, e faça com que prevaleçam sobre os pontos fracos.

Share

Somos uma empresa de desenvolvimento de software que teve o seu ponto de partida em 2013, abraçando o desafio de desenvolver um sistema flexível e adaptável. Hoje, com escritórios em Maceió e Ji-Paraná, nosso lema é a inovação e o que nos motiva é criar ferramentas gerenciais que impulsionem o negócio dos nossos clientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat