fbpx

10 CRITÉRIOS QUE VOCÊ DEVE CONSIDERAR NA ESCOLHA DE UM SISTEMA DE GESTÃO EMPRESARIAL

Pois bem, o assunto que quero tratar com você é de grande relevância e é muito importante que você o leve em conta na hora de escolher um sistema de gestão empresarial, até porque, você não quer jogar tudo para o ralo, não é?

Antes de adotar um sistema de gestão empresarial, é preciso saber quais benefícios serão fornecidos à sua empresa, quando deve ser implantado e, por fim, quais critérios devem ser avaliados.

Empreender exige planejamento e planejar exige comunicação.

Este é um dos benefícios que o sistema de gestão empresarial fornece à sua empresa já que ele padroniza e integra diferentes departamentos, possibilitando ao empresário a visualização dos resultados obtidos. Por exemplo:

Se um vendedor oferece ao seu cliente um produto que está em falta no estoque, além de prejudicar a imagem da empresa, perderá a oportunidade de venda.

Este e outros constrangimentos relacionados à gestão empresarial poderão ser evitados com a adoção de um sistema único, como, por exemplo, o sistema de gestão empresarial que forneça as informações básicas a todos os setores.

Tomada de decisão com agilidade e eficiência é tudo. Além de ajudar a empresa a fidelizar e impressionar clientes, contribui para que não haja prejuízos financeiros.

O QUE UM SISTEMA DE GESTÃO EMPRESARIAL OFERECE PARA SUA EMPRESA?

É claro que o que eu disse não chega nem a 1% das vantagens que um sistema oferece. O sistema de gestão empresarial apresenta inúmeras vantagens.

Na Ético nós personalizamos e adequamos o software de acordo com as necessidades da empresa.

Mostre-nos o seu problema e te daremos a solução.

Mas, para que você consiga ver de forma concreta alguns dos benefícios do sistema de gestão, mostrarei as principais vantagens. Mas lembre-se: Não o reduza a um conjunto de qualidades, afinal, elas são imensas.

Dentre elas temos:

Eliminação de retrabalhos

Trabalhos manuais exigem revisões, tempo e atenção dobrada. O sistema corrige erros e dá exatidão nas ações realizadas além de facilitar a correção de erros já ocorridos.

Retrabalho

Diminuição de gastos

Diminuir as possibilidades de erros, controlar os produtos que obtiveram maior demanda no mercado e deixar de utilizar papéis impressos refletem drasticamente nos gastos anuais.

Experimente colocar estes valores na ponta do lápis. Você ficará impressionado.

Informações centralizadas

O uso de planilhas burocratiza o acesso às informações, diferente do sistema de gestão empresarial, que fornece com facilidade as informações requisitadas, como vendas, estoques, contas a pagar e receber, entre outros.

Reduz e melhora o tempo de resposta a clientes, fornecedores, bancos, etc.

QUANDO VOCÊ DEVE IMPLANTAR UM SISTEMA DE GESTÃO EMPRESARIAL? 

O bom gestor sabe o momento certo para adotar um sistema de gestão empresarial. Você sabe?

Toda empresa começa a partir de uma ideia empreendedora, não é mesmo?

A princípio, o empreendedor adota meios próprios para controlar a administração de seu negócio, seja através de agendas, planilhas ou documentos eletrônicos.

Sim, funciona! Mas, quando a empresa se desenvolve e exige contratação de novos funcionários, maior investimento em matérias primas, controle de pagamentos e recebimentos de contas, tais mecanismos se tornam prejudiciais, pois afetam a organização e o controle de informações da empresa.

E ainda bem que isso acontece, não é mesmo? Já pensou se a sua empresa estivesse do mesmo jeito de quando você idealizou?

É cansativo só de pensar. Mas além disso, imagine quando há perda de dados, de tempo e de lucro? Isto exigirá de você um esforço desnecessário que poderia ser investido em outras atividades.

sistema de gestão empresarial

É neste momento em que a implantação de um sistema de gestão empresarial se torna necessária. Ou seja, quando controlar todas essas exigências causam despesas e insatisfação no cliente e na produção da empresa.

Mas, para que fique ainda mais claro, quero que você reflita sobre algumas questões da sua gestão e por favor, seja sincero, afinal, é o sucesso da sua empresa que está em jogo.

Analise os seguintes pontos:

    • Você tem controle sobre as prioridades de sua empresa?
    • Quais produtos ou serviços têm sido mais rentáveis?
    • Qual produto ou serviço não tem sido utilizado?
    • O serviço tem exigido mais funcionários que o necessário?
    • Há qualidade no atendimento prestado pela empresa?
    • O acesso a informações tem sido prático, rápido e seguro?
    • Há mais gastos que lucro?
    • Fluxo de caixa está adequado?
    • Capital de giro corresponde as necessidades da empresa?

E aí, consegue perceber melhor o momento certo para adotar um sistema de gestão empresarial? Espero que sim, mas caso você ainda tenha alguma dúvida, confere este conteúdo que abordamos sobre a Gestão de qualidade.

Vale a pena avaliar a gestão de sua empresa.

Pois então, chegamos ao que interessa. Se você considerou estes aspectos que mencionei e está a fim de levar as necessidades de sua empresa à sério, há dez critérios para escolher um sistema de gestão empresarial que você, como bom empreendedor que é, não pode ignorar.

OS 10 CRITÉRIOS QUE VOCÊ DEVE CONSIDERAR ANTES DE ESCOLHER UM SISTEMA DE GESTÃO EMPRESARIAL 

 

critérios

1. Definir as necessidades e prioridades da empresa 

É importante que os setores administrativos, a empresa responsável pelo fornecimento do sistema de gestão empresarial e departamento de TI estejam em um consenso da verdadeira necessidade da empresa.

É imprescindível que se conheça o funcionamento da empresa e quais custos precisam ser reduzidos.

2. Criar um grupo com autoridade para a tomada de decisões 

É importante que este grupo seja composto por integrantes de todos os setores da empresa, até porque, todos eles serão afetados com as possíveis mudanças.

E claro, são eles que lidam com os problemas de gestão diariamente.

3. Envolver os usuários da empresa

A mudança para um sistema de gestão pode causar alguns conflitos no início. É necessário que o treinamento ocorra ou em toda empresa, ou de departamento em departamento e que todos os usuários sejam inclusos.

Para facilitar a sua vida e a saúde de sua empresa, existe alguns fatores que facilitam, e muito, o sucesso da implantação de um sistema de gestão empresarial. Vale a pena dar uma conferida neste assunto.

4. Ter uma boa avaliação técnica

Desconsiderar o suporte técnico poderá reverter em prejuízo todas as vantagens de um sistema de gestão empresarial. Considerar as indicações e suportes fornecidos, embora a princípio seja trabalhoso, contribuirá com o sucesso oferecido pelo sistema.

5. Ter um critério de avaliação definido

Esses critérios precisam englobar todas as necessidades da empresa e ser validado pela equipe escolhida. Por exemplo:

    • Quais são as necessidades da empresa que o sistema irá solucionar?
    • Quais são as funcionalidades que não podem faltar neste sistema?
    • O que o sistema não oferece que poderá trazer prejuízos no sucesso da implantação?
    • Qual tipo de suporte sua empresa precisa para se adaptar ao sistema de gestão empresarial a ser implantado?
    • Quão flexível é este novo software de gestão?

São esses e outros critérios que você deve analisar, claro, dentro da realidade da sua empresa, por isso, não deixe de questionar todos os influenciados e influenciadores.

6. Compreender todas as funcionalidades do sistema

As principais queixas relacionadas à implantação do sistema de gestão empresarial referem-se aos termos nele apresentados.

Por isso, conhecer todas as suas funções é imprescindível para o bom uso e isto exige da empresa que está fornecendo o software de gestão um suporte impecável.

Para não cair na conversa do primeiro vendedor de sistema que bater a sua porta, veja como escolher um software de gestão para sua empresa.

7. Documentação

O sistema de gestão empresarial ajuda a reparar os vícios cometidos e a evitar repetições de trabalho já que ele fornece a revisão dos processos utilizados.

8. Monitoramento

É comum que, após um tempo de utilização do sistema de gestão empresarial, os usuários deixem de usar algumas funcionalidades, principalmente os que não foram inclusos na implantação do sistema.

Por isso, é imprescindível que seu uso seja sempre monitorado.

9. Mapeamento dos processos

O mapeamento ajuda o gestor a se certificar de que o sistema de gestão empresarial escolhido está alinhado com seus objetivos e necessidades de sua empresa.

Esta etapa é importantíssima para que depois da implantação, você não se arrependa da escolha feita. Preste muita atenção nisso, pois, escolher um software errado pode trazer muitos prejuízos e dores de cabeça.

10. Avaliar todas as despesas

É preciso ter sempre em mente e na ponta do lápis todos os custos de implantação, custo de manutenção e infraestruturas básicas.

Eu sei, isso não é fácil, mas ajuda muito, por isso, não deixe de calcular o retorno sobre o investimento que o software vai trazer para sua empresa. É sério, insisto para que não negligencie este critério.

Quando você é exposto as vantagens de um sistema de gestão, é muito comum que a empolgação tome todo espaço da racionalidade, mas pare um minuto e certifique-se de que o sistema a ser escolhido realmente paga a pena, ou melhor, pague a galinha inteira. rsrs

Se levados em consideração estes requisitos, o risco de insucesso diminuirá significativamente já que este é provocado pela não observação dos itens citados.

Por fim, tenha sempre em mente que o investimento em um sistema de gestão empresarial, embora pareça custoso e de difícil acesso, se acompanhado de um bom suporte e treinamento que envolva a todos os usuários do sistema, trará à empresa os retornos consideráveis e os benefícios necessários para crescer e ser reconhecida.

Isso porque você terá maior facilidade para lidar com todos os dados importantes, para planejar, diminuir custos e obter informações integradas. E é isso que a Ético oferece.

Um treinamento eficiente e esclarecedor, apoio as empresas para que elas consigam suprir suas deficiências de gestão e proporcionar sustento necessário para que esta possa crescer e fidelizar clientes reduzindo gastos, aumentando a produtividade e a qualidade da empresa.

As empresas que não possuem um sistema de gestão são consideradas pelos profissionais da área como alguém que está correndo com os olhos fechados. Sendo assim, você, que já abriu os olhos, não pode deixar de considerar os requisitos mencionados.

Não dá mais para perder tempo, se você não tem um sistema de gestão empresarial ou o que sua empresa possui tem dado mais dor de cabeça que proporcionado solução, isto é, se ele constantemente te deixa na mão e está desatualizado, está na hora de começar a pensar em algo melhor. Afinal, sua empresa merece qualidade e eficiência, não é mesmo? E os seus clientes também.

Share

Somos uma empresa de desenvolvimento de software que teve o seu ponto de partida em 2013, abraçando o desafio de desenvolver um sistema flexível e adaptável. Hoje, com escritórios em Maceió e Ji-Paraná, nosso lema é a inovação e o que nos motiva é criar ferramentas gerenciais que impulsionem o negócio dos nossos clientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat